sexta-feira, 1 de julho de 2011

Qual a diferença entre bandeirante e escoteiro?

Qual a diferença entre Bandeirante e Escoteiro?

Desde 1909 até hoje essa pergunta ainda existe, com o passar do tempo essa pergunta teve diversas respostas, e quanto para se extendiam os dois movimentos em quantidade de membros, como em ocupação no espaço terrestre, e quem sabe interplanetário, mas extensa e complexa ficava a resposta para uma simples pergunta.

Já podemos considerar essa pergunta uma questão para descidir uma prova de vestibular ou concurso, pois nem mesmo quem participa desses movimentos sabe responder essa resposta de maneira exata, precisa e matemática.

Existem diversas formas de responder essa pergunta, muitas delas nem sempre agradam a todos, por isso a complexidade, pois como tentaremos responder aqui essa pergunta, acreditamos que ainda haverá muitas controvérsias.

Para começar a responder essa pergunta e tentar ser o mais completo e exato possível, iremos utilizar, aqui, algumas versão que foram coletadas, mas para ficar claro principalmente aos leigos no assunto, vamos primeiro explicar do que se trata em geral esses movimentos que além de toda a difereça que existe entre eles, ninguém negará que esses dois movimentos são irmãos de mesmo pai e de mesma mãe.

Antes de 1909 o Movimento Bandeirante não existia, aliás, esse movimento só começará a existir em 1919, e somente no Brasil. Mas existia somente o Movimento Escoteiro que é oficialmente iniciado em 1907, lá em Londres, feito somente para meninos, aprenderem brincando e explorando o mundo a se tornarem homens de bem.

Então em 1909, essa brincadeira conquistou algumas meninas, que seriam as primeiras “scout girls”, mas num mundo masculino, eis que o Movimento Escoteiro ganhou uma tia, titia Agnes, irmã do Fundador do Movimento Escoteiro Mundial Robert Baden Powell, que logo depois daria uma mãe ao movimento, sua esposa Lady Olave Baden Powell. A partir daí temos 2 movimentos irmãos de mesmo pai e mesma mãe, Movimento dos Escoteiros (WOSM) e Movimento das Escoteiras e Guias (WAGGGS).

Até aqui acredito que a resposta está simples e tranquila, porem o movimento desses movimentos começou a complicar. E como estamos no Brasil, e a nossa pergunta ainda não consta onde Movimento Bandeirante entra nessa história, e esse blog é patrimônio de um Núcleo Bandeirante, vamos pular para 1919 onde enfim o Movimento Bandeirante aparece e começa a complicar essa resposta.

Então em 1919 o Movimento das Escoteiras e Guias chega ao Brasil através, como consta nos registro, das mulheres da elite carioca (e juramos isso não é coisa de novela), que simplesmente implantaram o movimento feminino aqui no Brasil, fazendo uma pequena alteração como uma tradução e homenagem, para o nome Bandeirantes.

Ótimo então ficava simples, se um garoto pedisse ao seu pai, que gostaria de ser escoteiro, bastaria levá-lo a um grupo escoteiro, onde diversos meninos iriam brincar e aprender sob os princípios do escotismo a se tornar homens de bem de uma maneira bem masculina. E se fosse uma menina bastava levá-la a um núcleo bandeirante, onde várias meninas aprenderiam e brincariam também sobre os princípios do escotismo, ou como seria chamado de bandeirantismo, a se tornarem mulheres de respeito.

Não seria nada de mais se em 1919, ser menina e participar de um movimento feminino não fosse visto como algo um tanto revolucionário demais, e olha que não era, pois as meninas aprendiam muito bem a cuidar da casa, a cozinha, a ser prendada, a ser uma ótima esposa, mas sem querer elas aprendiam um pouco mais é claro, mas essa versão talvez seja somente uma hipótese, afinal como o passar do tempo esses movimentos foram vistos também como algo careta e sinônimo de pessoas bobas que usam uniforme e meião. Mas confessamos que mesmo amando nossos uniformes por causa de tudo que eles significam para nós, sabemos que é meio ridículo passear por aí impecavelmente uniformizados, e saibam quanto mais impecável está os nossos uniformes mais orgulho temos deles, cada distintivo, cada broche, o meião, o cinto, um chapéu, nosso lenço, as vezes rimos daqueles que não entendem.

Com o passar do tempo outra hipótese seria que por serem movimentos irmãos, mas talvez também por isso um tanto concorrente e competitivos pela atenção, os movimentos começaram a se misturar, então meninas poderiam ser escoteiras e meninos poderiam ser bandeirantes. Hoje isso já é visto como algo comum, mas existe histórias de que as meninas no movimento escoteiro mesmo aceitas, só poderiam participar realizando tarefas consideradas exclusivamente “de mulher”, mas no movimento bandeirante por ser feminino, não existia tarefa só “de mulher” então os meninos aprendiam logo a dividir todas as tarefas, mas se sentiam umas menininhas e muitas vezes tinha vergonha de dizer que eram bandeirantes.

Desta maneira o Movimento Escoteiro por toda sua origem e formação masculina ainda tem uma forte presença de aspectos masculinos em sua atividades, e aparência, o que atraí muito meninos e meninas que tem como interesse, atividades mais bruscas, mais agressivas, mais robustas, mais físicas, coisa de pai pra filho. E o Movimento Bandeirante por outro lado pela origem feminina, atraí mais meninos e meninas que gostam de atividades mais delicadas, mais detalhosas, mas floreadas,ou coisa de mãe pra filha. Mas aqui entra outro fato que pode confundir os interessados em ingressar em qualquer um dos movimentos, vale também considerar a característica do grupo escoteiro ou do núcleo bandeirante, pois pode haver núcleos bandeirantes que tem uma forte característica do movimento Escoteiro, como o contrário onde um grupo escoteiro com muitas características do movimento bandeirante. Afinal assim como conhecemos muitos escoteiros que se tornaram bandeirantes, como deve haver também muito bandeirante que se tornou escoteiro.

Aí surge uma pergunta por que ambos movimentos que são tão parecidos não se tornam um só? Diriamos que isso é somente uma questão burocrática de briga de irmãos, que se divertem em sempre discordar que são parecidos.
Mas vamos a parte física das diferenças:


Escoteiro
Bandeirante
- símbolo flor de liz (3 pétalas)
- símbolo trevo de 3 folhas
- associado ao WOSM (Mundial)
- associada a WAGGGS (Mundial)
- União dos Escoteiros do Brasil
- Federação de Bandeirantes do Brasil
- uniforme da cor do tipo de escotismo e/ou faixa etária
- uniforme azul marinho, e azul marinho e branco
- lenço colorido conforme o grupo escoteiro
- 6 cores de lenço conforme faixa etária
- nomenclatura: lobinho, escoteiro, pioneiro, senior, chefe
- nomenclatura: abelha ou zangão, fada ou mago, B1, B2, guia, guia-auxiliar, coordenador(a)
- lei: o escoteiro é ...
- lei: ser bandeirante é ... (antes era: a bandeirante é ...)

Está mais tranquilo agora acha que está com sua pergunta respondida?

Pois não fique não, pois a intenção aqui não é essa, e como dissemos antes esse blog é bandeirante e tem a missão de dizer que ser bandeirante é muito melhor que ser escoteiro, e ainda que ser bandeirante do Núcleo Piratininga é muito melhor que ser bandeirante de qualquer outro núcleo, mas como “Ser Bandeirante é valorizar a estima e a amizade”, temos que falar muito bem de nossos irmão escoteiros e bandeirante, mas como também “Ser Bandeirante é ser leal e respeitar a verdade”, confessamos sim que estamos puxando algumas sardinhas à mais para o nosso lado.

Bem nessa hora é que reconhecemos que sim o Movimento Escoteiro por ter esse lado masculino, é sim mais prático e mais objetivo, então não enrolam muito para conquistar novos membros e não ficam cheio de dengo. Mas por outro lado o Movimento Bandeirante com sua feminilidade é sim afetuoso cuidadoso e mais carinhoso, e talvez um pouco meloso. Tanto que o Movimento Escoteiro é bastante reconhecido por suas aventuras em grandiosos acampamentos com construções de bambu primorosas, e o Movimento Bandeirante por outro lado é bastante reconhecido por suas campanhas e atividades comunitárias em asilos, hospitais, comunidades carentes.

Por esse motivo ambos os movimentos são considerados uma atividade da elite, mas pelo menos no universo do Movimento Bandeirante isso já não é a única realidade, como no caso do Núcleo Piratininga que tem entre seus participantes toda a gama de classes sociais de A a Z, por acreditarmos que bandeirantismo pode ser para todos.

Desta maneira acreditamos que concluímos a nossa resposta, um tanto longa, mas mesmo assim resumida, pois se ambos os movimentos já passaram dos 100 anos, então hoje são dois movimentos irmãos idosos e rabugentos, que teimam em disputar que ainda um é melhor que o outro.

Mas aí é que esses 100 anos se transforma em 10 anos pois a cada lobinho, fadinha, maguinho, abelhinha, zangãozinho, que entra no movimento a gente se rejuvenece, novas tecnologias entram, novas tendências, novas metodologias, novas características, novos gêneros, novas tribos, ou seja....

....O Movimento Escoteirante ou Bandesteiro tá sempre na moda, na crista da onda, tá sempre HD, tá sempre no inconsciente coletivo, e é pra você, seja você de 8 a 80.

30 comentários:

  1. Amei isso povo do Pira !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    PARABÉNS!

    BJKS
    Sissa

    ResponderExcluir
  2. muito legal o post...

    "roubei" ele pro meu blog também :P
    (http://tropasenioragulhasnegras.wordpress.com/2011/11/06/qual-a-diferenca-entre-escoteiro-e-bandeirante/)

    Semper Parata / Sempre Alerta

    fernando :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dica do dia: hoje em dia não se diz roubar, se diz compartilhar.
      E vi lá no seu que você complementou com algumas imagens, pois só texto é muito maçante.

      Excluir
  3. intao no caso os bandeirantes imitou o movimento escoteiro né ? por que o movimento escoteiro é mais antigo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezados companheiros de ambos os movimentos... ninguém imitou ninguém. Somos "filhos" do mesmo Fundador. As diferenças são sutis e nos encontramos melhor nas nossas semelhanças. Semper Parata/Sempre Alerta para todos os irmãos e irmãs que abraçaram o trevo e/ou a flor de liz como símbolo a ser leevado junto ao coração.
      fbarrosgg@yahoo.com.br

      Excluir
    2. Acho que a palavra que melhor traduz o que você quer dizer é que o movimento escotismo masculino, inspirou o surgimento do escotismo feminino, mas mesmo sendo muito parecido na regras, essência, princípio, cada formou seu próprio estilo aplicar esse princípio.

      Excluir
  4. Eh sr equipe ald digital... Acho que o sr não sabe nada sobre os movimentos escoteiro e bandeirante... Aqui a competição eh sadia... Ninguem copia ninguem.... Todos andam juntos... Sempre....
    Muito bom o post... Esclarecedor. Parabéns...

    Marcio - Mestre Pioneiro 142 SP

    SAPS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico muito feliz de ver um post atiçando o povo a relembrar e discutir esse polêmica sobre escotismo x bandeirantismo, falasse tão pouco sobre bandeirantismo na rede, que até já li que bndeirantismo não existe mais.

      Excluir
  5. Muito legal o post, estava mesmo procurando uma resposta para isso... pessoal fica discutindo que um copiou o outro, mas todos sabemos que naquela época era estranho meninos e meninas participarem das mesmas atividades, e foram criados dois grupos apenas para separar. Falta um pouco de discernimento dos leitores tb.

    Apenas uma dica, cuidado com a escrita, o post esta cheio de erros de português, concordância e pontuação, isso prejudica a credibilidade do mesmo.

    um abraço,

    Maicon - apenas um apreciador do movimento XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a intenção deste post foi mais de tentar criar "bibliografia" sobre bandeirantismo, que de tão escassa muitos acham que nem existe mais, sendo assim o texto foi escrito numa tacada só, talvez agredindo sem querer a gramática, mas agora seria melhor ter a chance de ver outras postagem sobre o assunto, noutros blogs e sites, do que tentar corrigir esse, talvez outros postem com outras visões outros textos,.....

      Excluir
  6. eu tenho do de quem e badeirante copio o escoteiro e diz que melhor
    escoteiro existe mais de 100 ano
    badeirante copio todo os mudou um pouco
    resumo badeirante serve para vender biscoito badeirante e um lixo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhore, pois bandeirante é só 10 anos mais novo.
      É não copiou adaptou. Vai estudar os movimentos

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. achei muito interessante esse post mas porém discordo de grande parte do que escrito do escoteiro vocês falaram que os que o escoteiro é algo masculino ,bruto e mexe com bambu e vocês bandeirantes serviços comunitários e vocês são feministas delicadas amorosas , discordo totalmente totalmente desse comentário pois como sou uma escoteira sei que não é nada disso , o escotismo não é masculino e muito menos bruto , meninos e meninas são amorosos e muito afetuosos e uma das coisas mais trabalhadas no escotismo é pensar primeiro no próximo, serviços comunitários , vocês disseram tanto nesse post que nossos grupos são irmãos então porque vocês disseram que ser bandeirantes é melhor que que ser escoteiro , mesmo eu sendo escoteira tendo a minha opinião eu não diria que ser escoteira é melhor que ser bandeirante mesmo porque como nunca fui uma bandeirante não sei como é então não posso dizer quem é melhor , só acho que vocês que vocês bandeirantes deveriam conhecer mais o escoteiros e ter mais respeito também , vcs deveriam pensar mais no proximo pois a maioria desse poste está errado !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma Isadora, não estava querendo dizer que você parece um menino, estava falando sobre o processo histórico de formação dos movimentos, e logo depois está escrito que isso pode ou não ter mudado no processo histórico de cada grupo, talvez não conheça grupos bandeirantes, mas deve conhecer outros grupos escoteiros e deve perceber diferenças entre eles.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. achei muito interessante esse post mas porém discordo de grande parte do que esta escrito do escoteiro vocês falaram que os que o escoteiro é algo masculino ,bruto e mexe com bambu e vocês bandeirantes serviços comunitários e vocês são feministas delicadas amorosas , discordo totalmente totalmente desse comentário pois como sou uma escoteira sei que não é nada disso , o escotismo não é masculino e muito menos bruto , meninos e meninas são amorosos e muito afetuosos e uma das coisas mais trabalhadas no escotismo é pensar primeiro no próximo, serviços comunitários , vocês disseram tanto nesse post que nossos grupos são irmãos então porque vocês disseram que ser bandeirantes é melhor que que ser escoteiro , mesmo eu sendo escoteira tendo a minha opinião eu não diria que ser escoteira é melhor que ser bandeirante mesmo porque como nunca fui uma bandeirante não sei como é então não posso dizer quem é melhor , só acho que vocês que vocês bandeirantes deveriam conhecer mais o escoteiros e ter mais respeito também , vcs deveriam pensar mais no proximo pois a maioria desse poste está errado !!

    ResponderExcluir
  12. Olá,Sou ESCOTEIRA..Gostei muito da publicação..Mas discordo de grande Parte do texto..Nos do Movimento escoteiros somos muito gentis,amorosos..E a base do escotismo é ajudar o próximo acima de tudo...Lembrem se que nenhum movimento é melhor que o outro,Mas lembrem-se que As fundadoras de vocês eram Mulher e irma de B-P,o fundador do movimento escoteiro,elas fundaram o Badeirantismo através da base do Escotismo... .existem sim muitas semelhanças entre os movimentos,mas também muitas diferenças...e não sei se me daria Muito bem sendo Bandeirante ,porque sou meio bruta..Meu Grupo é da Modalidade Mar,e nós nos chamamos de cavalos(pois em atividades físicas somos muito brutos..)
    Uma vez eu disse pra um homem adulto que eu era escoteira ..Ele logo me perguntou:ah você e Badeirante?
    Eu repondi que sim,sem nem mesmo saber oque era...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma Ana Beatriz, tu gostou mas não concordou? Tá que é uma visão bastante unilateral, e na época quase não tinha nada bandeirante, e os bandeirantes acabam precisando muito se apoiar em informações escoteiras pra explicar a sua existência, o que não acontece no escotismo (acho, vai que né?) Você como modalidade Mar, deve ter muita história pra contar dessa modalidade.

      Excluir
  13. Promessa do Escoteiro:
    Eu prometo pela minha honra fazer o melhor possível,para cumprir com os meus deveres,para com Deus minha pátria ,ajudar o próximo e em toda e qualquer ocasião obedecer a lei escoteira



    Art. quatro da Lei escoteira
    "O escoteiro é amigo de todos e irmão dos demais escoteiros"

    Art. seis da lei escoteira
    " O escoteiro é bom para animais e plantas"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As leis e a promessa são as mesmas pra ambos. O que o texto está tentando dizer é sobre a formação dos movimento.

      Excluir
  14. Bom dia.

    Se importa se eu traduzir ao inglês para mandar a uma amiga, dirigente no movimento bandeirante (Girl Scout) na minha cidade natal, Ardmore, Oklahoma, EUA? Sou escotista aqui no Brasil e estou querendo estabelecer algum tipo de intercâmbio ou troca de informação entre bandeirantes e escoteiros de lá e da aqui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bill espero que já tenha traduzido pro inglês, agora só falta compartilhar o link o s versão aqui.

      Excluir
  15. Gente, que interessante esse artigo!
    Moro nos EUA e fui bandeirante no Rio de Janeiro nos anos 90 (voluntariei ate na Eco92! rs), mas ao tentar explicar para uma Girl Scout aqui o que era ser bandeirante, me enrrolei toda e nao achei a diferenca.

    Agora que vi que eh um movimento exclusivo do Brasil, fica mais facil de explicar que eu tb fui uma girl scout, mas sem os cookies :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raissa, não é um movimento exclusivo do Brasil, só é uma questão de nomenclatura, me contaram que na época iriam usar o termo em inglês, mas a política da época estava cismando com grupos internacionais, aí colocaram um nome mais brasileiro, não sei até onde é real ou lenda essa história.

      Excluir
  16. Grata por esclarecer. Atenção a gramática e concordância, os erros atrapalharam a leitura. Atenção tb a certas colocações que soaram machistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, machismo está em tudo nesse mundo, não tenho mais acesso ao texto para corrigir, acho que valeria apontar onde estão os erros aqui nos comentários, vale para o aprendizado, ou não, sei lá.

      Excluir
  17. Que saudades desse texto que escrevi em 2011, hoje estava vendo e tem um monte comentários, era uma visão muito do lado bandeirante que tinha, e a única intenção era criar conteúdo bandeirante que praticamente não existia, dando um pouco de informação, sem querer ofender ninguém, até porque a fonte era a minha experiência e o que ouvi dizer, não li num livro coisa mais confiável, e a partir desse texto que acredito comecei a prestar mais atenção e a pesquisar mais sobre o movimentos, que tem muito mais coisa pra contar. Isso foi só um start.

    ResponderExcluir
  18. Meus Deus, vocês deviam corrigir esse texto, pois ele tem muitos erros de português!!!! Isso denigre a imagem da entidade.....

    ResponderExcluir

Postagens populares